Memória das Vigílias


Edição 14
De 29 de Agosto de 2003 à 31 de Agosto de 2003

XIV Vigília do Canto Gaúcho

 

Essa edição da Vigília realizou-se em duas etapas, como segue:

·         Etapa Regional: Obteve trinta e nove (39) composições inscritas. Dentre essas, dez (10) foram selecionadas para subirem ao palco do CTG Tropeiros da Lealdade, no dia 31 de maio de 2003. As duas músicas escolhidas para participar da etapa final foram “Flor Morena”, letra de Igor Lopes (de Cachoeira do Sul) e melodia de Tiago Souza (de Vera Cruz), interpretada por Tiago Souza e Júlio Pereira e “De São Leandro Pra Cá”, letra de Sérgio Sodré (de Santa Cruz do Sul) e música de Ezequiel da Rosa (de Cachoeira do Sul).

·         Etapa Estadual: Foram inscritas quatrocentos e setenta e seis (476) composições e, destas, foram retiradas doze (12) que, com as duas da etapa regional, subiram ao palco nos dias 29 e 30 de agosto de 2003, no Ginásio D. Pedro I.

 

      A comissão julgadora da etapa final foi composta por Fátima Gimenez, Jaime Brum Carlos, Jari Terres, Alex Silveira e Airton Pimentel. Na etapa regional julgaram Pedro Darci Cunha, Danilo Batista, Jaime Brum Carlos, Patrocínio Vaz Ávila e Elem Cavalheiro Bartmann.

 

      As composições vencedoras foram: primeiro lugar – troféu “Cachoeira dos Arrozais” – “Buena Vida”, milonga de Jairo Lambari Fernandes, interpretada pelo mesmo; segundo lugar – troféu “Rio Jacuí” – toada “Da Solidão”, letra de Ezequiel da Rosa e música de Jairo Lambari Fernandes, interpretação de Piriska Greco; terceiro lugar – troféu “Ponte de Pedra” – milonga “Hora do Sossego”, letra de Edilberto Teixeira, música de César Oliveira, interpretação de Marcelo Oliveira e Joca Martins; “Música Mais Popular” – troféu “Meu Pago” – “De São Leandro Pra Cá”, chamarra de Sérgio Sodré (letra) e Ezequiel da Rosa (música), interpretação de Jorge Menezes e Clênio Bibiano da Rosa; “Melhor Arranjo” – troféu personalizado – chamamé  “Campo Santo”, letra de Rogério Ávila e música de Leonel Gomes, interpretação de Leonel Gomes e Ricardo Martins; “Melhor Poesia” – troféu personalizado – chamamé “Bandeira de Guerra”, letra de Gujo Teixeira, música e interpretação de Luiz Marenco; “Melhor Instrumentista” – troféu personalizado – Ernesto Fagundes (bombo legüero), na música “Chacarera da Coragem”; “Melhor Intérprete” – troféu personalizado – Piriska Greco, na música “Da Solidão”.

    

     Os shows foram realizados com Enio Medeiros e Grupo Bandoneon (etapa regional), Fátima Gimenez, Jari Terres, Pedro Ortaca e Rui Biriva.

 

     O Festival ficou registrado na confecção de mil (1000) CDs colocados à venda durante o evento.

 




voltar


Ouça as Músicas

As músicas vencedoras agora disponíveis
para ouvir ou baixar




Últimas Notícias


Nenhum registro encontrado.

Leia mais notícias