Memória das Vigílias


Edição 18
De 05 de Outubro de 2007 à 06 de Outubro de 2007

XVIII Vigília do Canto Gaúcho

 

Essa edição ocorreu em duas etapas, quais sejam:

·         Etapa Municipal: Foram recebidas quarenta e sete (47) composições, dentre as quais doze (12) foram selecionadas e, entre essas, três foram escolhidas. Essa etapa aconteceu no dia 10 de agosto de 2007, no CTG José Bonifácio Gomes. A comissão julgadora foi composta por Alvise Melo Filho (Didi Melo), Cleiton Evandro Santos, Doroteu Oliveira de Abreu Filho (Dorotéu Fagundes), Vera Lúcia Lana Prade e Vorni Prestes. As três músicas escolhidas foram: “Serenata”, letra de Rafael T. Chiappetta e música de Lúcio Yanel; “Ao Pé do Fogo”, letra e música de Carlos Gilberto Machado; “Alheio”, letra de Mateus Neves da Fontoura e música de Clênio Bibiano da Rosa e Mateus Neves da Fontoura. Os apresentadores foram Marcos Silva e Muriel Lopes.

·         Etapa Estadual: Essa etapa ocorreu nos dias 5 e 6 de outubro de 2007, no Ginásio D. Pedro I. Foram inscritas quinhentas e quarenta e duas (542) músicas, das quais, após triagem, foram tiradas treze (13) composições que, somadas às três da etapa municipal, totalizaram dezesseis (16) concorrentes.

 

     A comissão julgadora foi formada por Aluísio Rochembach, Anomar Danúbio Vieira, Cristian Camargo, Cristiano Quevedo, Doroteu Fagundes, João Carlos F. Brandolt e Miguel Bicca.

 

     Foram apresentados os seguintes shows: Mauro Moraes e José Cláudio Machado, Clênio Bibiano e Ezequiel Rosa, Joca Martins e “Os Fagundes”.

 

     A apresentação do Festival foi realizada por Vera Lúcia Lana Prade e Marcos Silva.

 

     A premiação da XVIII Vigília do Canto Gaúcho foi a seguinte: o primeiro lugar foi para a milonga “Cantadores”, letra de Márcio Nunes Corrêa, música de Joca Martins e Fabiano Bachieri, interpretada pelos mesmos; o segundo lugar ficou com a milonga “Alma de Juá Florido”, letra de Fábio Maciel, música de Mateus Leal e André Teixeira, interpretada por Mateus Leal e Marcelo Oliveira; o terceiro lugar ficou com a canção “Serenata”, letra de Rafael T. Chiappetta, música de Lúcio Yanel, interpretada por Flávio Hanssem; a “Música Mais Popular” , que ganhou o troféu “Jornal do Povo” foi a chamarrita “Alheio”, letra de Mateus Neves da Fontoura e música de Clênio Bibiano da Rosa e Mateus Neves da Fontoura; o “Melhor Intérprete”, que recebeu o troféu “Rádio Cachoeira” foi Rainieri Sphor, na música “Do Que a Tarde Não Vê”; o “Melhor Instrumentista”, que recebeu o troféu “O Correio”, foi Gabriel Pelizário, com sua gaita botoneira; a “Melhor Poesia”, que recebeu o troféu “Rádio Vale do Jacuí” foi para “Cantadores”; a “Melhor Melodia”, que recebeu o troféu “Rádio Vida”, foi também para “Cantadores”; o “Melhor Arranjo”, que recebeu o troféu “Rádio Fandango”, ficou com “Do Que a Tarde Não Vê”; o “Melhor Grupo Instrumental”, que recebeu o troféu “Rádio Fandango AM”, foi para “Alma de Juá Florido”.

 

     Foram confeccionados mil (1000) CDs para comercialização durante o Evento.

 




voltar


Ouça as Músicas

As músicas vencedoras agora disponíveis
para ouvir ou baixar




Últimas Notícias


Nenhum registro encontrado.

Leia mais notícias